Eu engano você

Eu engano você

Quando uma pessoa me elogia eu suspiro aliviado. Fico aliviado porque o elogio é uma claro sinal de que quem me elogiou não me conhece como Deus me conhece.  Se soubesse dos meus maus pensamentos e das minhas más intenções, se imaginassem do que sou capaz, iriam querer ficar longe de mim. Mas, como um bom ator, eu consigo disfarçar bem.

Quando não era cristão, fazia as coisas boas para polir a minha imagem e ser aceito pelas pessoas. Procurava ser simpático e gentil para conquistar as pessoas para que elas desejassem a minha companhia ou atendessem aos meus interesses. Como cristão, continuo disfarçando, só que por outras motivações. Simulo que sou bom para agradar a Deus. Não na tentativa de me salvar, pois isso já foi garantido quando cri que Jesus pagou por todos os meus pecados quando morreu em meu lugar, mas na tentativa de me parecer com Jesus, de quem tento ser escravo.

A simulação faz parte do meu esforço pessoal que, na maioria das vezes, me mostra ineficaz  e me induz a buscar, cada vez mais, o poder o Espírito de Deus para ser capacitado. Jesus disse “ide por todo mundo”, mas ainda não, “ficai em Jerusalém até serdes revestido de poder”. E, antes, Ele  já havia alertado: “Sem mim nada podeis fazer”.  Em resumo: preciso de poder sobrenatural para me parecer com Jesus. Como sou mau demais, essa busca tem que ser diária e vai durar minha vida toda. Então, não se esqueça. Quando vir algumas coisa boa em mim, você está sendo enganado. Ou eu estou simulando que sou bom tentando imitar Jesus ou o próprio Jesus estará atuando em mim.

Mauro Gomes

Aprendiz de servi inútil

Responder

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>